Promoção
ISBN: 9788569350224

O Cuidador do Idoso em ILPI: Uma Relação Humana e Delicada

R$ 69,90 R$ 49,90

Esta obra constitui o resultado de uma inquietação construída ao longo de anos de vivência junto a idosos institucionalizados, resultando em transformações significativas na vida da autora. Margherita de Cassia Mizan trabalhou 14 anos em uma ILPI (Instituição de Longa Permanência para Idosos) e segue, como autônoma, atendendo este público fragilizado, totalizando mais de 20 anos de interação com idosos e cuidadores.

 

Este livro é resultado da sua dissertação de mestrado, defendida na PUCSP, e da sua experiência prática e teórica como psicóloga e professora convidada das especializações em Gerontologia e Cuidados Paliativos do Hospital Israelita Albert Einstein.

 

O aumento da população idosa trouxe consigo a longevidade e, por conseguinte, necessidades específicas e essenciais para que esta população tenha uma sobrevivência digna. Ficar mais velho, longevo, para alguns indivíduos pode significar a impossibilidade de autogestão, gerando uma dependência frente a terceiros. É possível perceber diferentes velhices que se apresentam, sendo aquela com dependência o ponto central deste livro, diz a autora, e acrescenta: as formas de existência com dependência necessitam de dispositivos de apoio que garantam uma existência satisfatória até o perecimento; o cuidador de idosos pode ser considerado um desses dispositivos, assim como as Instituições de Longa Permanência para Idosos – ILPIs.

 

Este trabalho, portanto, elegeu como cenário a ILPI e, como um de seus atores, o cuidador de idosos profissional. Buscou-se, então, explorar a relação que se estabelece entre o idoso e seu cuidador, os aspectos subjetivos desta relação, haja vista ser precisamente este profissional que garante, através dos cuidados básicos, a manutenção de uma vida digna e com qualidade para os idosos que residem em uma ILPI, produzindo uma delicada e essencial relação de cuidado.

Comparar
Categoria:

Descrição

 

SUMÁRIO

 

INTRODUÇÃO

 

1 – CONTEXTUALIZAÇÃO TEÓRICA

1.1 – As transformações no perfil dos idosos no Brasil, em especial daqueles que apresentam fragilidade e longevidade

1.2 – Envelhecimento e Fragilidade

1.3 – Moradia e envelhecimento

1.4 – ILPI como a opção de moradia

1.5 – Institucionalização na velhice e o preconceito com esta modalidade de atendimento a idosos

1.6 – Incapacidade funcional dos idosos e a dificuldade para o cuidado

1.7 – Necessidade de mão de obra especializada para o cuidado de longa duração

1.8 – O cuidado: uma relação humana

 

2 – ASPECTOS METODOLÓGICOS

2.1 – Teoria

2.2 – Procedimentos metodológicos da pesquisa

2.3 – Análise do conteúdo

 

3 – ESPAÇOS E SUJEITOS DE PESQUISA

3.1 – Espaços de pesquisa

3.1.1 – Lar Santana Butantã e Lar Santana Pinheiros

3.1.2 – Residencial Israelita Albert Einstein

3.2 – Os sujeitos da pesquisa

 

4 – ANÁLISE E INTERPRETAÇÕES DAS NARRATIVAS

4.1 – Eventos significativos relacionados à velhice

4.2 – O significado de ser um cuidador de idosos

4.3 – A velhice aos olhos das cuidadoras da instituição

4.4 – As velhices que afetam

4.5 – O impacto de cuidar de idosos dependentes e frágeis

4.6 – Dificuldades no ato de cuidar da fragilidade do “outro”

4.7 – A família, a instituição e o cuidado

4.8 – A produção de subjetividade que resulta do ato de cuidar de idosos frágeis

4.9 – Que amor é esse?

4.10 – Como será o meu cuidador?

 

CONCLUSÃO

CONSIDERAÇÕES FINAIS

REFERÊNCIAS

APÊNDICE A – REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

APÊNDICE B – TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECEDOR

APÊNDICE C – PERFIL DESCRITIVO

APÊNDICE D – ROTEIRO DA ENTREVISTA PARA OS CUIDADORES DE IDOSOS NA ILPI

 

Descrição
Características do Produto:
PESO: 0,360 Kg
I.S.B.N.: 978-85-69350-22-4
ALTURA: 23,00 cm
LARGURA: 16,00 cm
PROFUNDIDADE: 1,50 cm
NÚMERO DE PÁGINAS: 306
IDIOMA: Português
ACABAMENTO: Brochura
CÓD. BARRAS: 9788569350224
ANO DA EDIÇÃO: 2019
AUTORA: Margherita Cassia Mizan

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.