Mostrando todos os 7 resultados

Cenários do Longeviver – 1º Encontro: Longeviver: horizontes de possibilidades

R$ 40,00

Pagamento: Boleto bancário ou Cartão de Crédito (em até 12 vezes)

 

Data:

28/01 – Longeviver: horizontes de possibilidades

 

Horário: 14h30 às 17h
Carga horária: 2,5 horas

 

A população com 60 anos e mais cresce de modo significativo em todo mundo. No Brasil esta é a realidade com a qual nos deparamos cotidianamente. Todos querem viver muito e bem! Como fazer frente ao grande desafio do longeviver? Apesar da modernidade e o acesso cada vez mais fácil às informações, percebemos que ainda existem preconceitos e informações desencontradas a respeito desta fase da vida humana. A informação correta e bem fundamentada é a melhor maneira para entender e viver bem esse ‘novo tempo’, e poder apoiar aos que já estão na fase mais avançada.

 

Cenários do Longeviver – Todos os Encontros

R$ 200,00

Pagamento: Boleto bancário ou Cartão de Crédito (em até 12 vezes)

OU

Depósito bancário: 10% de desconto (entrar em contato: cursos@portaldoenvelhecimento.com.br)

 

Datas:

28/01 – Longeviver: horizontes de possibilidades

04/02 – Vidas, Tempos, Memórias

11/02 – Longeviver: um olhar para o futuro

18/02 – Longevidade e Sexualidade – revendo tabus e tendências

25/02 – Espiritualidade e Longevidade – caminhos…

Horário: 14h30 às 17h
Carga horária: 12,5 horas (5 encontros)

 

A população com 60 anos e mais cresce de modo significativo em todo mundo. No Brasil esta é a realidade com a qual nos deparamos cotidianamente. Todos querem viver muito e bem! Como fazer frente ao grande desafio do longeviver? Apesar da modernidade e o acesso cada vez mais fácil às informações, percebemos que ainda existem preconceitos e informações desencontradas a respeito desta fase da vida humana. A informação correta e bem fundamentada é a melhor maneira para entender e viver bem esse ‘novo tempo’, e poder apoiar aos que já estão na fase mais avançada.

 

Curso – Internet no Dia a Dia

R$ 500,00

Ou 8x de R$ 68,23

 

Datas:

28/01 – 14h às 15h30
04/01 – 14h às 15h30
11/02 – 14h às 15h30
18/02 – 14h às 15h30
25/02 – 14h às 15h30
11/03 – 14h às 15h30
18/03 – 14h às 15h30
25/03 – 14h às 15h30

 

Carga horária: 12 horas (8 encontros de 1h30 horas)

 

Objetivos

Aprendizado, atualização e autonomia na comunicação no dia a dia e realização de tarefas de organização administrativa e financeira.

 

Conteúdo Programático

  • Acessar sites diversos
  • Compartilhamento de sinal de internet
  • Apps de compras
  • Apps de transporte e navegação
  • Esocial
  • Agenda do google
  • Apps Internet Banking
  • Apps Diversos

 

 

 

Curso – Psicoestimulação na Doença de Alzheimer e similares: orientações práticas e atividades para se aplicar no dia a dia

R$ 220,00

4x de R$ 57,76

 

OU 10% de desconto para depósito bancário (enviar email para cursos@portaldoenvelhecimento.com.br)

 

Datas:

1º Encontro: 30/01
2º Encontro: 06/02
3º Encontro: 13/02
4º Encontro: 20/02

 

Horário: 10 às 12h
Carga horária: 8 horas (4 encontros de 2 horas)

 

Conhecer os primeiros sinais de que algo não está ocorrendo da forma esperada para este momento da vida, e diagnosticar uma demência o quanto antes, pode garantir, por um tempo individual, melhora na qualidade de vida da pessoa acometida por uma doença bem como, a saúde mental e física de seus cuidadores e familiares, sendo este o caminho para um tratamento humanizado.  Devido a esse motivo que se faz importante dialogar sobre o contexto do envelhecimento e suas mudanças físicas, psicológicas e sociais; sinalizar os principais sinais indicativos de uma demência e possibilitar intervenções não medicamentosas de forma transdisciplinar, orientando familiares e profissionais de forma prática na condução de estratégias cognitivas, manejos comportamentais e psicológicos no curso da doença.

 

Conteúdo Programático

O processo de envelhecimento

Aspectos físicos, psicológicos e sociais do envelhecimento

Demências: Principais atualizações

Doença de Alzheimer

Intervenções não medicamentosas:

                 -Manejos psicológicos e comportamentais

                 -Psicoestimulação cognitiva/neuropsicológica

                 -Vivência de atividades cognitivas

 

 

 

Curso – Velhices em Jogo: Idosos + Jogos (digitais e não digitais)

R$ 140,00

Ou 2x de R$ 72,10

Pagamento: Boleto bancário ou Cartão de Crédito (em até 12 vezes)

 

Datas:
1º Encontro: 28/01
2º Encontro: 04/02

Horário: 09 às 12h
Carga horária: 6 horas (2 encontros de 3 horas)

 

Conteúdo Programático:

2h: Idosos, Jogos e benefícios

2h: Práticas de Jogos Digitais

2h: Práticas de Jogos não digitais

 

Duas perguntas muito recorrentes norteiam este curso teórico e prático: Idosos jogam?
Jogam para quê? Além da diversão e do prazer de jogar, não é necessário um motivo para
jogar que não seja a vontade espontânea ou a curiosidade, mas podemos citar muitas razões
científicas para estar em jogo e propor jogos aos idosos, relatamos algumas:

❏ Se pensarmos em jogos com movimentos do corpo (videogame) – a movimentação
física é incentivada, assim como a coordenação motora, marcha, recuperação de
funcionalidades e movimentos;

❏ Se a ideia é trabalhar a mente – a diversão é uma grande aliada da cognição e favorece
a memória, concentração, tomada de decisão, criação e análise de estratégias,
resolução de problemas;

❏ Quando mente e corpo se beneficiam, as emoções também são trabalhadas –
mudanças de humor, diminuição do estresse e solidão, melhoras na autoestima,
autoconfiança;

❏ A mistura das três esferas (física, cognição, emocional) dá margem para as interações
sociais, que retroalimenta os aspectos citados. Os idosos trocam saberes com os
colegas, saberes prévios ou que acabaram de aprender nos jogos, percebem suas
potências e seus desafios, e os identificam também nos outros colegas e cuidadores, o
que dá espaço para o diálogo e afeto.

 

Curso: Arte, Política e o Trabalho Voluntário

R$ 180,00

4x de R$ 47,26

 

OU 10% de desconto para depósito bancário (enviar email para cursos@portaldoenvelhecimento.com.br)

 

Datas:

1º Encontro: 31/01
2º Encontro: 07/02
3º Encontro: 14/02
4º Encontro: 21/02

 

Horário: 09 às 12h
Carga horária: 12 horas (4 encontros de 3 horas)

 

Diferentes fatores podem levar uma pessoa a tornar-se voluntária: fazer parte de uma força coletiva contribuindo para melhorar a situação de outras pessoas, se engajar como cidadão, buscar desenvolver competências profissionais (trabalhar sob pressão/ liderar pessoas, gerenciar projetos), conhecer culturas diferentes, fazer novos amigos ou simplesmente ocupar o tempo livre (caso de muitas pessoas que se aposentam). Diante desse panorama acreditamos ser de suma importância um olhar com profundidade para o trabalho voluntário. Enxergar a sua ética, aquela ética que questiona valores, problematiza, estabelece laços de confiança intrapessoal e interpessoal assim como redes de colaboração com vistas à produção de bens comuns.

Alcançar e inventar um novo mundo sem conflitos, harmonioso, exaltar o mundo presente como um mundo sem problemas, no qual poderíamos, enfim, realizar plenamente nossa liberdade não é possível. Mas afirmar a vida nos seus problemas, nas contradições, nos conflitos isto sim, é possível! É com este enfoque que abordaremos o trabalho voluntário no tempo da velhice.

 

 

Curso: Políticas públicas para o envelhecimento na cidade de São Paulo: como acessá-las?

R$ 325,00

No Cartão de Crédito em até 12 vezes ou Boleto Bancário

 

Datas:  

1º Encontro: 19/01/2019
2º Encontro: 26/01/2019

Horário: das 09h às 13h

Carga horária: 8 horas (dois encontros de 4h)

 

A cidade de São Paulo conta com uma política pública voltada à pessoa idosa que é referência para outras cidades e também apresenta situações que só uma cidade deste porte pode conter no mesmo território, envolve vários aspectos e muita complexidade.

Dentre as políticas públicas setoriais a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social é a que apresenta mais articulação com a rede de atendimento público municipal e estadual, abrangendo a rede socioassistencial em todos os aspectos. A divulgação da ação ainda é pequena e o trâmite administrativo torna-se complexo. Daí a importância de se instrumentalizar com dados e conhecimento teóricos sobre vários serviços disponíveis para a pessoa idosa na cidade de São Paulo – CRAS, CREAS, NCI, CCINTER, SASF, ALIMENTAÇÃO DOMICILIAR, CRECI, CENTRO DIA, ILPI e CENTRO DE ACOLHIDA ESPECIAL PARA IDOSOS etc. Discutiremos quais os serviços existentes, onde encontrá-los e como acessá-los