Como filha, confesso que não estou preparada para cuidar de meus pais na velhice, acho que preciso protegê-los, e penso até que já não podem ficar mais sozinhos.

É preciso pensar em algo mais, é preciso entender a velhice não como um problema, mas algo que nos apresente trazendo novas possibilidades, criando novos valores, dando importância ao que eu velho penso da vida e o que é realmente essencial para mim.

X